CERAS

Centro de Recuperação de Animais Selvagens de Castelo Branco


 

Libertação de um Gavião e de uma Águia de asa redonda

 

Libertação na Sertã de um Gavião e de uma Águia de asa redonda recuperados no C.E.R.A.S. em Janeiro de 2014

 

Música:

Krackatoa - Ascending obsolescence

 

 

 

 


 

 

Workshop de Caixas-Ninho e abrigos para fauna

 

Imagens da actividade realizada pela Quercus - Castelo Branco centrada na construção de caixas-ninho e abrigos para fauna.

 

 

 

 


 

Fim-de-semana com os Insectos no Monte Barata PNTI !

 

Conheça as inscríveis imagens de insectos no Parque Natural do Tejo Internacional.

 

 

 

 

 


 

Formação sobre Detecção de Venenos e Furtivismo

Esta atividade insere no programa Life, Inovação contra Envenenamentos, que conta com o apoio do Município de Idanha-a-Nova.

 


 


 

 

Alimentação de um Morcego recuperado no CERAS

 

Imagens da alimentação de um Morcego (Pipistrellus sp.) recuperado no CERAS e libertado no mesmo local onde tinha sido encontrado em Monforte da Beira.

Veja aqui as fotos da libertação

 

 





 

Dia Mundial da Migração dos Peixes 2014

 

O Núcleo Regional da Quercus de Castelo Branco organiza no dia 24 de Maio uma descida do rio Ocreza na Foz do Cobrão, concelho de Vila Velha de Ródão e Proença-a -Nova. O programa contempla uma descida dos rápidos do rio Ocreza em kayak, e um percurso pedestre de pequena rota na Aldeia do Xisto da Foz do Cobrão. Esta iniciativa integrada no Dia Mundial da Migração dos Peixes, em que a Quercus foi convidada a participar, tem como principal objectivo alertar para a importância da preservação do Rio Ocreza sem barragem e dar a conhecer a beleza da paisagem, aprendendo a interpretar a fauna , flora e morfologia geológica associada ao rio Ocreza.

 

Contacto: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

 

 



 


 

Libertação e marcação de um Cágado-de-carapaça-estriada Emys orbicularis

 

Libertação e marcação de um Cágado-de-carapaça-estriada Emys orbicularis no Parque Natural do Tejo internacional.
O indivíduo foi resgatado de uma estrada por uma equipa da Quercus / CERAS CB.

 

 

 

 


 

Workshop de identificação de aves e anilhagem científica

 

No dia 8 de Março de 2014, a Quercus- Castelo Branco organizou um workshop de identificação de aves e anilhagem científica. Durante esta actividade os participantes poderam acompanhar todo o processo de anilhagem de aves, desde a colocação da anilha ao registo de todas as biometrias, bem como receber todas as explicações detalhadas sobre cada passo. O objectivo passou também por aprender a distinguir as 17 espécies, das 60 aves capturadas e, sempre que possível, a determinar o sexo e idade das aves.

 

O Workshop teve lugar no Parque Botânico da ESA.

 

 

 

 


 

Marcação e libertação de Abutres Pretos no PN Tejo Internacional

No âmbito do projecto Life Innovation Against Poison foram marcados com emissores GSM e marcas alares patagiais dois Abutres Pretos (Aegypius Monachus )que deram entrada no CERAS.Um dos abutres for transferido do Centro de recuperação Parque Biológico de Gaia e o outro recolhido pelo SEPNA na zona de Vila Velha de Rodão. Estão de volta à natureza no Tejo Internacional o único local em portugal onde esta espécie nidifica!

Mais informação em lifeagainstpoison.org/

facebook.com/CERASCB

 

 

 

 


 

 

Voluntariado no CERAS!

 

Grande parte do trabalho realizado no Centro de Estudos e Recuperação de Animais Selvagens de Castelo Branco da Quercus é assegurado por voluntários.

 

 





 

 

Venenos Não! Inovação Contra Venenos

 

Inovação contra Envenenamentos
Projeto de educação ambiental através do Teatro e o Movimento


O uso do veneno é errado e pode ser em ilegal em algumas situações. O veneno destrói, corrompe, mata.

Infelizmente, o uso errado de venenos é ainda uma prática comum como forma de afastar alguns animais considerados perigosos.

 

A Quercus e a Pé de Pano - Projectos Culturais realizam um conjunto de atividades de sensibilização ambiental junto das comunidades escolares de Idanha - a -Nova e Castelo Branco sobre este problema. Esta prática ilegal coloca em perigo espécies em risco de extinção como o abutre preto, a águia imperial ou o lobo, animais domésticos, assim como, a saúde pública.

 

A Pé de Pano concebeu, neste âmbito, um conjunto de atividades diferenciadas, que cruzam a educação ambiental, com o Teatro e o Movimento, destinado às crianças do 1º, 2º e 3º ciclo.

Estas atividades inserem-se no programa Life, Inovação contra Envenenamentos, que conta com o apoio do Município de Idanha-a-Nova.

 

Ficha técnica:
Investigação/Formação
Produção: Pé de Pano – Projectos Culturais, Coprodução Quercus Castelo branco
Criação: Produção Pé de Pano – Projectos Culturais
Música - Pedro Afonso

 

 

 

 


 

Libertação Strix aluco, Coruja do Mato!


Esta Strix aluco, Coruja do Mato, deu entrada no CERAS, Centro de Estudos e Recuperação de Castelo Branco, devido a um atropelamento.


Embora tenha sofrido um grave traumatismo devido ao atropelamento, razão pela qual perdeu a visão do olho esquerdo, verificamos que durante a sua estadia no CERAS, que era capaz de caçar estando assim apta para ser libertada no seu habitat natural.

 

 

 

 

 

 

Quercus ® Todos os direitos reservados
Site criado por PTWS